O Juiz Guilherme Formagio Kikuchi reuniu a imprensa para uma coletiva no Fórum Eleitoral e pediu apoio na divulgação desta importante campanha
Cornélio Procópio - O Juiz Eleitoral da Comarca de Cornélio Procópio, Guilherme Formagio Kikuchi participou de uma entrevista coletiva realizada no Fórum Eleitoral nesta quarta-feira. Na oportunidade o magistrado ressaltou a importância da Campanha de Recadastramento Eleitoral Biométrico que Comarca de Cornélio Procópio está promovendo de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h para os eleitores de Cornélio, Leópolis e Sertaneja. O recadastramento teve início no dia 15 na sede do Fórum Eleitoral com cerca de 50 atendentes. O Juiz eleitoral, Guilherme Formagio Kikuchi destacou que a partir de 3 de agosto, todos os antigos títulos eleitorais serão cancelados pela justiça eleitoral e não terão mais validade. Ele agradeceu o empenho das prefeituras dos três municípios que integram a Comarca e ressaltou a importância do cadastro para os municípios. Em um apelo feito diretamente aos jovens, o Juiz Guilherme Kikuchi lembrou da importância do primeiro voto para esta categoria de eleitor. “Os jovens não são obrigados a votar, mas ter a possibilidade de poder participar do processo eletivo é uma conquista da cidadania”, afirmou. As pessoas que não renovarem o Titulo de Eleitor estão sujeitas a uma série de impedimentos como solicitar passaporte ou qualquer documento que necessite da certidão de quitação eleitoral; fica impossibilitado de obter ou renovar o CPF e se inscrever em concursos públicos ou tomar posse em cargos ou função pública; não pode participar de concorrência pública ou administrativa; fica impedido de solicitar empréstimo em qualquer banco ou estabelecimento de crédito mantido pelo governo; não pode renovar matrícula em estabelecimento de ensino público ou fiscalizado pelo governo; e tem cancelado os benefícios públicos que o eleitor receba. Para fazer a renovação o eleitor deve comparecer ao Fórum Eleitoral com Documento Original com Fotografia; Titulo de Eleitor anterior; e Comprovante de endereço com menos de 90 dias para revisão e com mais de 90 dias para transferência. Empresas, órgãos públicos, hospitais e escolas podem utilizar o agendamento prévio, facilitando a presença de seus funcionários no Fórum local evitando filas. (Comunicação/Prefeitura)