bandeira 1

LEI Nº. 469
Através do decreto da Câmara Municipal de Cornélio Procópio, no dia 02 de dezembro de 1948, fica sancionada pelo Prefeito Municipal Rosário Pitelli, a LEI Nº. 469 que cria a Bandeira do Município de Cornélio Procópio.
Art. 1º. – Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a criar a Bandeira do Município de Cornélio Procópio, elaborada de conformidade com os princípios heráldicos e que obedecerá à seguinte descrição e simbologia:

a) Descritivo: Oitavada de azul, com um retângulo branco central onde se aplica o brasão de armas do município, e de onde partem oito faixas brancas, separando as oitavas, carregadas de outra faixa amarela e vincada de negro. As dimensões da bandeira municipal de Cornélio Procópio seguem os padrões oficiais da bandeira nacional, considerando-se nove módulos de altura por treze de comprimento; o retângulo central terá três módulos de altura por quatro de comprimento; as faixas terão dois terços de módulo de largura, dividida em cinco partes iguais para constituir a sobre-faixa e o vinco.

b) Simbologia: De conformidade com a tradição da heráldica portuguesa, da qual herdamos os cânones e regras, as bandeiras de cidades são oitavadas, com o brasão no centro, indicando a expansão do poder (representado pelo Brasão) a todos os quadrantes do Território Municipal. As cores são as mesmas constantes do campo do escudo. O azul simboliza nobreza, constância, perseverança, zelo e lealdade. O branco simboliza a paz, prosperidade, trabalho eficaz e realizador. O amarelo, a riqueza, o mando, o esplendor e a força. O preto, a austeridade, prudência e vigilância.

Art. 3º. - A presente lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.