Com o início da quarentena que foi decretada no mês de março, uma das principais preocupações da administração foi com as famílias em situação de vulnerabilidade social. A Secretaria de Ação Social do município já realizava um amplo trabalho com as famílias. Mas um novo desafio inesperado, fez com que o atendimento à população, como o CRAS E CREAS, sofressem algumas modificações para atender de uma forma flexível e rápida, tendo em vista a necessidade de um suporte possível para as famílias que são atendidas pela instituição. As atividades presenciais para evitar aglomerações de pessoas com a realização de grupos, reuniões, acolhida, palestras e demais atividades foram suspensas.

“Estamos reinventando muitas coisas, a acolhida é diferente. Muitos acompanhamentos e atendimentos são feitos por telefone e internet. Ainda destacamos que devido a situação de vulnerabilidade das famílias acarretada pela pandemia, houve um aumento na distribuição de auxilio alimentação. Este serviço é feito através de uma entrega rápida até o domicilio do beneficiário”, explica Juliana Rigão, secretária de Ação Social. A secretária também relata, a grande busca para orientação na obtenção do auxilio emergencial do governo, que teve auxilio dos profissionais do departamento que estavam à disposição para ajudar. Com a flexibilização dos serviços a secretaria têm atuado com adequação a situação da pandemia da Covid-19, evitando aglomeração de pessoas, higienização, álcool gel na entrada e uso obrigatório de máscaras e distanciamento nos atendimentos.

 

Serviço: (43) 3520 - 3100 

(Comunicação/Prefeitura)

Ação Social.png

 

 

 

 

 

 

 

As máscaras de tecido são doadas para instituições do município e região

O país vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus, e muita gente se sensibiliza com as dificuldades na aquisição de EPIs pelos profissionais de saúde e também da população mais necessitada. O trabalho voluntário é que motiva as professoras da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR Campus Cornélio), Carolina Ribeiro e Renata Mascari, coordenadoras do Projeto “Costurando Vidas”. O projeto conta com 30 voluntários. Dentre eles, técnicos administrativos, professores e alunos da Universidade, e também comunidade externa. As máscaras costuradas pelo projeto estão sendo doadas para instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social do município de Cornélio Procópio, Santa Mariana e Uraí. “Tenho que agradecer imensamente todas as pessoas, empresas e instituições que doaram tecidos, elásticos, linhas. E principalmente, os voluntários que estão participando desse propósito”, enfatiza a professora Carolina Ribeiro, coordenadora do projeto.

Parceiros

As doações e descontos na compra de tecidos, linhas e elásticos foram realizadas pela A Tricolândia, July Tecidos, A&E Aviamentos Especiais e Ateliê Débora Hirata - Baby Kids.

Doações

As doações podem ser realizadas entrando em contato com as redes socias do Projeto no Instagram:

https://www.instagram.com/costurandovidas2020/

Instituição, Projeto ou Pessoas Números de Máscaras
Casa de Atendimento Materno Infantil 411
Casa de Apoio 110
Servidores e Alunos da UTFPR do projeto de protetores 10
Porteiros UTFPR 12
Terceirizados da Limpeza UTFPR 60
Agentes de endemia que estão fazendo barreira sanitária 12
UBS Primavera 303
Abrigo Bom Pastor 134
Projeto Estação 60
Missão Vida Humana 60
Nefronor 64
Instituto do rim 105
Casa de Passagem 26
Departamento Penitenciário 300
CRAS (Cornélio Procópio) 1560
Conselho Tutelar 50
Lar Madre Cecília (Uraí) 40
UBS Central (Postão) 200
Casa da Criança 34
Secretaria de Saúde (Uraí) 80
Abrigo (Uraí) 45
Recanto Bela Vista 32
CRAS (Santa Mariana) 406
Santa Casa (Uraí) 240
UBS Pérola 60
TNT Rotary 1950
Total de Máscaras de Tecido Doadas 4414
Total de máscaras de TNT 1950
Total de Máscaras Costuradas e Doadas 6364

 

(Comunicação/Prefeitura – Com fotos e Informações Projeto Costurando Vidas)

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.02.jpeg

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.56 (2).jpegWhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.01.jpegWhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.56 (1).jpeg

988b97b5-ffd0-4267-9e12-e4ce2dfdd9b9.jpg

 

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.01 (2).jpeg

 

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.01 (1).jpeg

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.58.59.jpeg

 

WhatsApp Image 2020-06-17 at 20.59.56.jpeg

 

 

 

 

 

 

Na situação inusitada do isolamento social, a criação de um modelo pedagógico se tornou um desafio grande no combate ao novo coronavírus. Diante de escolas fechadas por tempo indeterminado, a rede pública tem em mãos a missão de encontrar soluções para seus alunos. Em Cornélio Procópio a Secretaria Municipal de Educação através de sua secretária Maria Lídia Funari Pimenta, juntamente com toda equipe, estão se reinventando diariamente. O esforço é um conjunto entre diretoras, professores e os pais. A maneira que estamos vivendo esses dias criou novos conceitos e vivemos a era das aulas online, disse Maria Lídia.

Cada escola tem sua maneira própria de conduzir, pois as diretoras conhecem a realidade de cada aluno e estão conseguindo fazer com que os pais participem cada dia mais a vida escolar de seus filhos. Durante a semana, com horários agendados para turmas diferentes, os responsáveis retiram as atividades e as dúvidas com o conteúdo é tirada pelo whattssap, plataforma de sms criado pelos professores, e as aulas online através de vídeo na rede social.

A Escola Padre Antônio Look, que fica no Jardim Figueira é um exemplo que está dando muito certo. As professoras se utilizam de espaços nas próprias residências para dar suas aulas, inclusive de Educação Física. “Estamos nos reinventando a cada dia e isso não prejudicou o ensino, pois tanto os alunos quantos os pais estão interagindo muito mais com a escola nesse período de pandemia”, disse a Supervisora Lucimara de Almeida Paiva.

“Na medida do possível dentro daquilo que podemos fazer estou contente, pena que não podemos fazer ainda mais pelos alunos, mas logo estaremos de volta às aulas presenciais”, disse a diretora da Escola Edvana Silva Ferreira.

Todas as Escolas Municipais estão adotando metodos de ensino para melhorar a educação a distância. Centros de Educação Infantil, CMEIs, e Ensino de Jovens e Adultos também estão com atividades para os alunos. Um importante trabalho dos professores neste

(Comunicação/Prefeitura) 

 WhatsApp Image 2020-06-17 at 11.00.22.jpegWhatsApp Image 2020-06-17 at 11.00.23 (1).jpeg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recomendação Administrativa nº 19-2020 - COVID - Escolas Particulares_page-0001.jpg

 

Recomendação Administrativa nº 19-2020 - COVID - Escolas Particulares_page-0002.jpg

Recomendação Administrativa nº 19-2020 - COVID - Escolas Particulares_page-0003.jpg

 

 

103643314_2728964073876076_3264643202647013281_o.jpg

 

103982615_2728964050542745_7475401036170595395_o.jpg

 

103622479_2728963987209418_3887551651162808876_o.jpg

104236253_2728964217209395_8403891391771261968_o.jpg

103587199_2728964263876057_7657832375478537276_o.jpg

103864719_2728964353876048_1695632308450709001_o (1).jpg

104032140_2728964877209329_1270580721359754652_o.jpg

 

104424168_2728964830542667_4633958005909909527_o.jpg